Resenha do filme: "Rio 2"

9 de abril de 2014



Sinopse

Blue, Jade e seus três filhos são uma família de papagaios azuis que moram com ativistas em pleno Rio de Janeiro. Com suspeitas de que ainda há papagaios azuis na selva amazônica, o casal de biólogos vai a sela investigar o caso. É o que basta para que Jade queira ir encontrar outros iguais a ela e ao chegar lá, descobre que sua família ainda está viva. 

Outras Informações
Dirigido por Carlos Saldanha
102 minutos
Animação

Trailer 



Resenha 


Aviso antecipadamente que essa não será uma resenha que compara o primeiro com o segundo filme, até porque não se deve fazer isso e nem eu assisti ao primeiro filme. Mas se o que interessa aqui é a avaliação da obra, vamos a ela. 

A animação, como todos sabem, tem como objetivo principal trazer para as crianças a conscientização para preservação da Amazônia, natureza e todas suas riquezas. Além disso, o filme buscou trazer nos seus primeiros minutos a discurssão sobre crianças viciadas em aparelhos eletrônicos: smartphones, ipod, internet e todos esses brinquedinhos eletrônicos que as crianças tanto amam hoje em dia. Esse discurso vem a tona quando Jade tenta fazer com que Blue e seus filhos embarquem na viagem pela amazônia para encontrar outros iguais a ele. Com muito esforço, Jade consegue seu objetivos e todos seguem rumo à selva com base no GPS de Blue, o que faz com que eles rodem todo o Brasil antes de chegar à selva, que é aí que a aventura começa. 

Na chegada à Amazônia, eles não só encontram um clã de araras azuis, como também esse clã é comandado pelo pai de Jade, que há anos não via a filha, pois achava tê-la perdido. O grupo de araras azuis tem que dividir espaço na selva com as araras vermelhas, suas inimigas. Por conta do desmatamento (mais um ponto da discurssão do filme) está cada vez mais difícil conseguir comida e essa divisão de áreas é essencial, por questões de sobrevivencia. Obviamente, essa disputa vai ser um pouco mais acirrada com a chegada de Blue, que numa tentativa de agradar Jade, acaba roubando comida do território vizinho. Sem contar a transformação que o pai de Jade tenta fazer em Blue para que ele se torne uma arara da selva e deixe de lado seu hábitos e regalias de um animal de estimação. 

Como observado, o filme não tem apenas o tema desmatamento e preservação em seu conteúdo: questões dos hábitos e vícios tecnológicos das crianças também estão presentes e é por isso que considero Rio 2 uma comédia imperdível nos cinemas. 




1 comentários:

  1. ola tudo bem ? meus filhos ja etão crescidos, agora assisti o rio 2 com neto.

    visitei e fiquei .
    tenho um blog de viagem, vi que gosta
    Faça uma visita


    http://descobrindoabelezadobrasil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!